Duas mulheres são detidas ao tentar entrar em presídio com droga e comprimidos nas partes íntimas

Duas mulheres são detidas ao tentar entrar em presídio com droga e comprimidos nas partes íntimas

Duas mulheres foram detidas, na manhã desta sexta-feira (9), ao tentarem entrar na Casa de Detenção da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste droga e comprimidos nas partes íntimas. As suspeitas iriam visitar os maridos, que cumprem pena no regime fechado.

De acordo com o diretor da unidade prisional, Cristiano Félix, a detenção das suspeitas e a apreensão da droga e dos comprimidos ocorreu graças à perspicácia dos agentes penitenciários e a uma denúncia anônima informando que duas mulheres iriam tentar passar com drogas para entregar a seus maridos.

Cristiano informou que naquela manhã, quando as duas mulheres passaram pela revista de rotina, as agentes penitenciárias femininas não detectaram nada de ilícito de posse das suspeitas. Disse ainda que, mesmo após a primeira revista não ter logrado êxito, conduziram as duas mulheres para uma sala reservada. Depois de terem relatado que teriam informações anônimas de que ambas portavam objetos ilícitos, as mesmas confessaram estar levando droga e comprimidos.

Diante da confissão, as suspeitas foram levadas ao Hospital Público Municipal Drª Laura Maria Braga e foram submetidas ao exame de raio-x, sendo constatado que dentro de suas partes intimas havia objetos estranhos. Ao ser retirado pelo médico de plantão, constatou-se que em uma delas havia um invólucro de 107 gramas de maconha e na segunda detida teriam sido encontrados três comprimidos que não foram identificados.

Na sequência, a droga, os comprimidos e as detidas foram conduzidos e apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) pelos agentes penitenciários.

Comentários