Deputados derrubam resolução que criou salários extras para eles próprios em Rondônia

Deputados derrubam resolução que criou salários extras para eles próprios em Rondônia

Por unanimidade, os deputados estaduais revogaram nesta terça-feira a Resolução 408, aprovada pela Casa de Leis no final do ano passado e que havia garantido duas indenizações anuais a parlamentares, inclusive aos que não se reelegeram.

Os salários extras, 14º e 15º, já haviam suspensos em 29 de dezembro pela juíza da 2ª Vara de Fazenda Pública de Porto Velho, Marisa de Almeida. A magistrada atendeu pedido de um cidadão em ação popular, impetrada por João Victor Dias Pinto.

Dois dias depois, o Tribunal de Contas também suspendeu a Resolução e o presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho (MDB) anunciou que nenhum deputado recebeu os valores.

Na tarde desta terça, o deputado Léo Moraes (Podemos), único contrário a Resolução 408, destacou a aprovação. “Essa casa não tem espaço para fazer isso, então todos os deputados estão de parabéns e acabou essa discussão de 14º, 15º”, afirmou.

Comentários