Consumidores protestam contra aumento na conta de energia e fecham avenida em RO

Consumidores protestam contra aumento na conta de energia e fecham avenida em RO
ELETROSSOL NORTE JARU Instalação energia solar

Centenas de manifestantes fizeram um protesto, no fim da tarde desta sexta-feira (15), contra o aumento na conta de energia elétrica. No fim de dezembro de 2018, a Energisa, que comprou a Ceron, anunciou reajuste tarifário de 24,75% para residências e de 27,12% para o consumidor que usa alta tensão.

Em Porto Velho, o manifesto ocorre na frente do prédio da Eletrobrás Rondônia (Ceron). O grupo fechou a Avenida Sete de Setembro e afirmou que o reajuste é “injusto e imoral”. O tráfego de veículos na região está paralisado.

Um dos consumidores que foi para a avenida protestar foi o agricultor Joel da Costa. Ele mora na Linha C-01 e diz que está sendo “ofendido” com esse reajuste.

“Eu pagava R$ 32 no ano passado e agora a conta veio mais de R$ 2 mil. O valor justo era o que vinha no meu histórico antes desse reajuste”, afirma.

Nesta sexta-feira, a Energisa divulgou nota afirmando que “apenas nesta fatura está contabilizado o consumo referente ao período em que a liminar esteve em vigor”.

Idoso teve conta aumentada de menos de R$ 50 para mais de R$ 2 mil — Foto: Toni Francis/G1

Idoso teve conta aumentada de menos de R$ 50 para mais de R$ 2 mil — Foto: Toni Francis/G1

Alguns manifestantes usam cartazes e são acompanhados por deputados federais,

Abaixo, veja fotos do manifesto em Porto Velho:

Protesto é feito em frente da Ceron em Porto Velho — Foto: Toni Francis/G1

Protesto é feito em frente da Ceron em Porto Velho — Foto: Toni Francis/G1

Manifestantes usam cartazes em protesto contra aumento na conta de luz — Foto: Toni Francis/G1

Manifestantes usam cartazes em protesto contra aumento na conta de luz — Foto: Toni Francis/G1

Comentários