Chamas se aproximam de nascente durante incêndio em Nova União

Chamas se aproximam de nascente durante incêndio em Nova União

O incêndio que destrói uma reserva ambiental em Nova União (RO), região a pouco mais de 370 quilômetros de Porto Velho, completou cinco dias nesta quarta-feira (12). Agora, as chamas se aproximam da nascente do Rio São Domingos, conforme moradores da região. A queimada assola, principalmente, os assentamentos Margarida Alves e Palmares.

Segundo o Corpo de Bombeiros local, pelo menos sete funcionários da corporação serão deslocados diariamente para frear as chamas e evitar que novos focos comecem. Os trabalhos começam na quinta-feira (13). Apesar disso, os bombeiros confirmam que o local atingido é de difícil acesso.

Ao todo, cerca de dois mil hectares foram destruídos, segundo a Polícia Militar (PM). Pela gravidade do incêndio, animais já foram encontrados mortos. Entre as espécies, há cobras tatus e jabutis. A Polícia Ambiental (BPA) de Rondônia segue com as investigações.Incêndio de grandes proporções atinge Nova União (RO)

Incêndio de grandes proporções atinge Nova União (RO)

Ao G1, os moradores informaram que o incêndio está se aproximando, agora, da nascente do Rio São Domingos. O local é fonte de água da cidade de Nova União. Nas extremidades da nascente, há espécies de animais em risco, inclusive onças, veados e cachorros do mato.No local, também há cachoeiras.

Até o momento mais de dois mil hectares de mata nativa e propriedades rurais foram atingidos pelo incêndio. Para pecuaristas, uma das únicas alternativas encontradas é alugar outras propriedades rurais que não foram atingidas.

Área onde o incêndio afeta a reserva ambiental em Nova União.  — Foto: Bing Maps/Reprodução

Área onde o incêndio afeta a reserva ambiental em Nova União. — Foto: Bing Maps/Reprodução

Levantamento

Equipes do Corpo de Bombeiros foram ao local na manhã de terça-feira (11), onde foi realizado um levantamento das áreas atingidas pelo incêndio. De acordo com o capitão Moacyr de Paula, um relatório sobre a proporção do incêndio já foi encaminhado à Secretaria de Segurança Pública (Sejus) da região.

“Realizamos um levantamento e percorremos parte das áreas atingidas. Encaminhado o relatório para que estes órgãos se posicionem dizendo o que deve ser feito”, destacou.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, árvores já foram encontradas caídas sobre a estrada, o que dificulta ainda mais o acesso da equipe ao local do incêndio.

Focos por dia

Em um dia, Rondônia somou quase 250 focos de incêndio. O número é do banco de dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

O incêndio é um dos que contribui para o estado chegar no quarto lugar no ranking entre os estados que mais queimam no país.

Comentários