Casal que vive em RO apaixonado por motos diz que viagens mantêm amor aceso: ‘Une a gente’

Casal que vive em RO apaixonado por motos diz que viagens mantêm amor aceso: ‘Une a gente’

Juntos há um ano e oito meses, Nice Costa e Luis Carlos de Castilhos, de 50 e 53 anos levam o companheirismo do relacionamento para as estradas através da paixão por motocicletas. Para eles, as viagens são o combustível fundamental da relação. Os dois, nascidos no Sul, vivem em terras rondonienses há 40 e 30 anos, respectivamente.

“Quando conheci o Luis, ele já tinha moto e fazia muito tempo que eu não andava. Mas sempre tive essa paixão por moto. Na verdade, por qualquer tipo de aventura. E aí casou o útil ao agradável”, contou Nice.

Luis entende do assunto desde os 18 anos. A experiência veio cedo e o estudo fez com que ele entendesse, e se conscientizasse, da importância dos cuidados nas vias.

“Eu tinha uma moto pequena, e sofri dois acidentes em um intervalo de 30 dias há pelo menos 15 anos. Os acidentes acabaram comprometendo os meus dois joelhos. Foi quando o médico disse: ‘você está esperando o que para vender essa moto?’ e vendi”, comentou.

Mas a pausa não durou muito, logo Luis começou a estudar e aprender como conduzir uma motocicleta em segurança.

Luis e Nice juntos e shallow now durante viagem  — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Luis e Nice juntos e shallow now durante viagem — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Com os aprendizados, Nice e Luis já percorreram algumas cidades do interior de Rondônia e seguem planejando novas rotas. Ele conduzindo. Ela na garupa.

Entre os objetivos futuros do casal está uma viagem até Santa Catarina, que deve acontecer este ano. A lista ainda conta com passagens por países como Peru, Chile, Argentina e Uruguai.

“A gente não fica programando e programando”, explicou Luis. “Conosco é: vamos? vamos!”, complementou Nice.

“A diferença de viajar de moto para de carro é que de carro você visualiza a paisagem de dentro. De moto, você faz parte da paisagem”, disse Luis.

Luis e Nice durante aventuras — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Luis e Nice durante aventuras — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Se viajar de carro necessita de funcionalidade, as longas distâncias que Nice e Luis fazem de moto pedem praticidade em dobro. No roteiro do casal nada de vaidades ou excessos: poucas roupas, itens de proteção, kit de primeiro socorros e água são mais que suficientes.

“Para você andar de moto, é preciso ser muito prático. Tem que dividir o espaço para os dois. Tem que gostar mesmo. É tudo caro, além de ser cansativo, tem sol, tem chuva, mas quando se gosta, é viciante”, pontuou Luis.

“É uma cumplicidade muito grande, o fato dele gostar e eu também. Isso une a gente”, contou Nice.

Selfie durante viagem de moto  — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Selfie durante viagem de moto — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Mas para aproveitar a viagem com calma, o casal sempre pensa na segurança. Luis, por exemplo, sabe da responsabilidade que carrega e faz de tudo para manter a calma em caso de situações perigosas.

“A gente não pode ficar pensando no medo. Não dou esse espaço para o medo. Estudei bastante sobre pilotagem. Mas caso algo ocorra, é manter a calma. O lance é ser prudente”, comenta.

Comentários