• (69) 99256-3747

Cão de mulher diagnosticada com Coronavírus testa positivo para o vírus

Um cão da raça Lulu da Pomerânia testou positivo para o coronavírus depois que sua dona foi diagnosticada com a doença. A chinesa Yvonne Chow Hau Yee, que vive em Hong Kong, levou o animal para uma avaliação numa clínica veterinária ontem, e a suspeita foi confirmada.

Foram coletadas amostras oral, nasal e retal no pet, que resultaram num positivo fraco. De acordo com o “Daily Mail”, o Departamento de Agricultura, Pesca e Conservação afirmou que o cão não tinha sintomas relevantes, mas foi colocado em quarentena.

“Não temos evidências de que animais de estimação possam ser infectados com o vírus COVID-19 ou que possam infectar humanos”, ponderou o departamento em comunicado.

O cão é o único animal em quarentena na clínica de Hong Kong e permanecerá lá por 14 dias. Novos testes serão feitos até que ele esteja curado.

O porta-voz do estabelecimento afirmou que todos os donos de animais devem manter bons hábitos de higiene e lavar as mãos após contato com os pets. Ele acrescentou ainda que, na região, é necessário usar máscaras para levá-los para passear ao ar livre, e, caso os animais apresentem alterações de saúde, é importante levá-los a um veterinário.

De acordo com o jornal, este seria o primeiro caso de um animal de estimação infectado com o vírus, que se espalha pelo mundo.

Hoje, o diretor da Organização Mundial da Saúde afirmou que todos os países devem agir de forma incisiva para conter a propagação do coronavírus. Tedros Adhanom Ghebreyesus disse que os surtos no Irã e na Itália nos últimos dias mostraram toda a extensão do que o ‘vírus é capaz’.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Jaru Online – Todos os direitos reservados