Bando tortura sargento da PM, tenta abater helicóptero a tiros e um acaba morto

Bando tortura sargento da PM, tenta abater helicóptero a tiros e um acaba morto

Dois criminosos, Jeferson  S. L., 23 e Luiz Felipe A. M., 19,  foram presos e um outro morto após roubo a uma chácara de um sargento da PM e troca de tiros com tripulantes do helicóptero Falcão 02 da polícia na tarde desta sexta-feira (14) na BR-319, linha 17, após a ponte do Rio Madeira, em Porto Velho. Três criminosos fugiram. O bando torturou o policial e familiares dele.

 

De acordo com informações apuradas pelo Rondoniaovivo, pelo menos seis bandidos invadiram a casa de um policial do Batalhão Ambiental e armados renderam o militar e seus familiares, sendo que ainda estavam no local cinco crianças, um bebê e uma mulher de resguardo.

 

Eles perguntaram quem era o policial e ao verem a farda do militar passaram a agredi-lo com coronhadas na cabeça e chutes. A todo momento o bando ameaçava matar o policial e toda a família. Após longo período, o bando fugiu levando uma pistola, objetos, colete balístico e o veículo do policial  – um Fiat Toro.

 

Equipes  da PM foram acionadas e o helicóptero do Núcleo de Operações Aéreas ( NOA) encontrou os bandidos em fuga na linha 17. Eles abandonaram o carro e fugiram para a mata, mas antes efetuaram disparos com o intuito de abater o helicóptero da polícia. Na troca de tiros com os militares, um criminoso, ainda não identificado, acabou ferido.

 

Ele ainda foi socorrido para o hospital João Paulo II, mas chegou morto. Outros dois foram levados para a Central de Flagrantes e três conseguiram fugir.  Dois revólveres e duas pistolas, sendo uma do militar foram apreendidos.

RONDONIAOVIVO

Comentários