Aumento do turismo no Brasil em 2018

Aumento do turismo no Brasil em 2018
ELETROSSOL NORTE JARU Instalação energia solar

O Banco Central revelou, no passado dia 29 de Janeiro, que 2018 foi um ano positivo para o turismo no Brasil.
Com a 10ª maior indústria turística mundial, o país compensou, em 2018, as perdas do na anterior, com um incremento na ordem dos 1, 86% na receita cambial do turismo, o que veio ajudar a reduzir a diferença entre a receita obtida e os valores injetados (déficit da balança comercial).
A melhoria do turismo foi um fenômeno global, que se manifestou em vários pontos do mundo e, em grande medida, a forte presença dos influencers de redes sociais teve um papel para que assim fosse.
O incentivo ao turismo, a par com o estilo de vida apresentado por algumas celebridades e personalidades do Instagram e com a forte aposta dos governos neste setor está a promover, globalmente um maior interesse pelo turismo, em geral e também pelo turismo no Brasil.
Vale a pena, por isso, lançar o olhar sobre os números que marcaram o turismo brasileiro no ano passado, para ficarmos a saber quais as vantagens geradas por esse setor e qual o papel efetivo da mídia social nesse processo.

O turismo no Brasil e no mundo em 2018

O crescimento do turismo no Brasil em 2018 foi significativo e gerou importantes receitas para a economia deste país.
No geral, este setor contou, em solo brasileiro, com um crescimento de 3,1% no PIB, que corresponde a 8,1% do PIB nacional. Além disso, esse setor foi responsável pela criação de 6,9 milhões de postos de trabalho, correspondendo a 7,5% do emprego gerado no Brasil.
Com estes números, o Brasil entra para uma posição de liderança internacional, apresentando-se como um dos países onde o turismo tem um maior peso na economia.
Embora o crescimento seja efetivo e inegável, no Brasil, a verdade é que este crescimento acompanha, também, a tendência internacional à qual temos vindo a assistir.
Os números do turismo mundial no ano 2018 revelam, também, um forte crescimento do setor, onde se observa um aumento de 3,9% no PIB, com mais de 8,8 triliões de dólares injetados na economia.
Atualmente, o turismo corresponde, no mundo, a 10,4% das atividades globais, tendo gerado, só entre 2013 e 2018, mais do que 300 milhões de empregos.
O turismo é, a nível internacional, o segundo setor com maior crescimento nos últimos anos, estando apenas atrás da manufatura.
Para o Brasil, o crescimento de 2018 do setor turístico corresponde a um forte impulso da economia nacional, sendo ainda um importante espaço para a geração de postos de trabalho. Esta indústria é vista pelos responsáveis governamentais como um tubo de ensaio importante para a criação da prosperidade económica no Brasil.
Embora várias medidas e apostas estatais contribuam para a melhoria do cenário turístico em solo brasileiro, outro aspeto que precisa de ser mencionado, dado o seu contributo para o aumento dos números referidos, é o papel que as redes sociais na maior procura pelas viagens e turismo.

 

O Instagram como promotor turístico

O mundo está cada vez mais tecnológico e o impacto da mídia social para os vários setores da vida não pode ser ignorado. Hoje, mais do que nunca, redes sociais como o Facebook, o Instagram ou o Twitter têm um papel fundamental, não apenas enquanto conectores de pessoas mas também num panorama mais macro. Estas redes impactam na economia e são importantes influenciadores de novas dinâmicas de vida.
Hoje em dia, a decisão de viajar e a própria escolha dos destinos de viagem está muito ancorada na forma como se encaram estas redes sociais. Os millennials escolhem as suas viagens, segundo vêm a referir pesquisas (tal como a realizada pela Schofields) tendo em mente as fotografias e as legendas do Instagram. Segundo esta pesquisa, cerca de 40% dos jovens a nível internacional terão em consideração, no momento da escolha do destino de viagem, as fotos que poderão colocar nesta rede social.
As questões da estética da fotografia torna-se, por isso, hoje, um dos pontos de principal apelo turístico para os jovens, que parecem, cada vez mais, não se importar tanto com as eventuais atrações turística do local visitado.
A possibilidade de partilhar a experiência através de fotos emblemáticas e de legendas de Instagram inspiradoras é uma tendência que tem vindo a crescer ao longo dos anos. O papel dos influencers desta rede social e a forma como estes ajudam a construir ideologias sobre estilos de vida mais luxuosos impactou fortemente nos números do turismo, levando cada vez mais jovens a viajar para destinos que consideram “dignos de fotografar”.
Captar a fotografia perfeita para pôr com a melhor legenda de Instagram já não é apenas um bónus de viagem mas antes, para muitos jovens, o principal objetivo. Esta é uma realidade que se sente, também, no aumento de jovens turistas estrangeiros no Brasil.

Comentários