Antônio nega sexo no edredom do ‘BBB 17’: ‘Não faria isso nem bêbado’

Antônio nega sexo no edredom do ‘BBB 17’: ‘Não faria isso nem bêbado’

O gêmeo Antônio deixou o “Big Brother Brasil 17” no domingo, 29, mas a sua passagem pelo reality show foi bastante marcante. Em conversa com o EGO, ainda no hotel onde está hospedado, no Rio, o agora ex-BBB falou sobre a semana que passou no reality show. Ele disse que ainda não viu os vídeos da atração e que não se recorda de muita coisa, mas garante não se arrepender do envolvimento rápido com Mayara e nem das brincadeiras que fez na casa. A torcida, agora que está fora da atração, é totalmente para o irmão Manoel ser o vencedor.

 

“Não gosto nem de usar a palavra ‘eliminado’. Na disputa com meu irmão ele foi o mais querido, mas isso mudou durante a semana que passamos lá. Eu também acho que fui o mais querido no começo, depois ele. Então considero que saí com um carinho igual do público. Infelizmente esse paredão fazia parte do jogo e foi algo muito triste. Eliminar irmãos com certeza comoveu quem assistia”, falou Antônio, que considera ter se dado bem com (quase) todos dentro do “BBB”: “Não vou citar nomes, mas apenas dois de lá pareciam falsos. Com o resto me dei bem.”

Se definindo como “extremamente intenso”, Antônio acredita que sua semana movimentada tem a ver com sua personalidade. Ele acha que não se precipitou em nada: “Não acho nem que beijei tão rápido a Mayara, por exemplo.  A gente conversou umas 25 horas antes de se beijar, e isso é intenso e bastante tempo, como se tivéssemos vivido uma semana de cinco dias de encontros sem beijo. A gente combinou muito e tudo rolou no tempo que deveria ser.”

Ex-BBB Antônio em hotel no Rio (Foto: Anderson Barros/ EGO)
Ex-BBB Antônio (Foto: Anderson Barros/ EGO)

Movimentos no edredom
Por falar em beijos e romance, Antônio tirou a dúvida que internautas levantaram na tarde de quinta-feira, 26, quando “movimentos” rolaram no edredom com ele e Mayara. O irmão de Manoel garante que não rolou sexo.

“Acho uma falta de respeito imensa fazer sexo no ‘BBB’. Não rolou. É uma falta de respeito com o povo brasileiro, mas principalmente com a minha família. Não faria sexo nem sóbrio e nem bêbado. Tenho certeza de que não faria”, garantiu o ex-BBB, que explicou o episódio: “Entramos no edredom apenas para ter um pouco mais de privacidade. Queria dar um beijo nela e ficamos com vergonha. Mas foi só isso, rolou muito respeito da nossa parte.”

Vai rolar casamento?
Para os fãs que acompanharam Antônio e Mayara escolhendo até os nomes dos filhos, o ex-BBB pede um pouco de calma. “Foram brincadeiras”, diz ele. No entanto, para não desanimar os que “shipparam” o casal, ele completa: “Mas toda brincadeira tem um fundo de verdade, vamos ver.”

Antônio diz que quer conversar com a sister quando ela sair do reality: “Acho que vamos nos encontrar e aí poderemos saber o que vai rolar. O que eu vivi lá dentro foi realmente uma paixão, algo intenso. Mas aí pensar em filhos e casamento ainda não. Falamos disso, mas é algo sério.”

 

Torcida por Manoel
Fora do reality, Antônio conta que está totalmente focado em movimentar os fãs para tornar o irmão Manoel campeão do “BBB 17”. Ele analisa o programa e se emociona ao dizer que a atração proporcionou um “presente” de convivência para os dois.

“O Manoel vai se reerguer e tem muita chance de chegar na final. As pessoas vão focar nele e não estarão mais divididas entre eu e ele. Agora vão gostar muito mais dele ainda. Eu fui muito coração e eu espero que ele não seja só isso. O programa nos proporcionou uma convivência maravilhosa. Eu já disse pra ele e repito: Era nossa colônia de férias juntos”, ressaltou o ex-BBB.

Ex-BBBs Mayla e Antônio  (Foto: Anderson Barros/ EGO)
Ex-BBBs Mayla e Antônio (Foto: Anderson Barros/ EGO)

Comentários