Chuva com ventos fortes derruba palco da Cooaja

Chuva com ventos fortes derruba palco da Cooaja

A forte chuva caída na tarde desta quinta-feira 28, causou estragos na estrutura do palco de shows da Associação Agrorural de Jaru, localizada na BR 364 saída para Ariquemes.

Parte da recém construída estrutura que ainda não foi utilizada, não suportou os ventos fortes e desmoronou, por sorte não houve feridos.

O palco foi construído por meio de emenda parlamentar da deputada federal Marinha Raupp no valor de R$ 305 mil.

 

Diretório municipal do PDT promoveu convenção nesta sexta feira

Diretório municipal do PDT promoveu convenção nesta sexta feira

O diretório municipal do Partido Democrático Trabalhista (PDT) promoveu na noite desta sexta-feira (29) nas dependências da Câmara Municipal de Vereadores de Jaru, a convenção municipal do partido, que contou com a participação do senador da república Acir Gurgacz, correligionários, simpatizantes e convidados.

Na oportunidade foi apresentado o novo filiado do partido, Dr. Indiano Pedroso que já desponta como um forte pretenso candidato a Deputado Federal pelo PDT no município.

Em discurso, Indiano pontuou suas metas pautadas na moralidade e ética na condução do bem público, expondo sua pretensão em postular uma cadeira na Câmara Federal.  Seu discurso foi aplaudido com enfuria pelo público presente.

O senador da república Acir Gurgacz, destacou que o PDT está fazendo em todo estado de Rondônia um trabalho de fortalecimento das bases, dialogando com todos os partidos para o fortalecimentos da sigla partidária para a disputa de 2018.

Sobre sua pré-candidatura ao governo do estado que poderá lhe colocar em disputa com seu atual grupo aliado PMDB, Acir destacou que participou e apoiou o governo pemedebista, mas agora é hora de dar continuidade as ações que foram boas e melhorar as que não foram a contento. O senador ressaltou que um dos principais planos de seu governo é a valorização dos profissionais da educação.

Em seguida foram debatidas as diretrizes partidárias e ações para consolidar a campanha de Acir ao governo do estado. Foi realizada eleição da nova Executiva Municipal do Partido.

 

Executiva do PDT do município de Jaru ficou definido da seguinte forma:

 

Presidente: Lúcia de Fátima Costa

1º Vice-presidente: Soudilus Pereira

2º Vice-presidente: Silvio Arqueley da Silva

Secretário Geral: Elias Silva

1º Secretario: Francisco Roney

Vogais: 1- Daiany Cristina Costa

Diretório municipal do PDT promoveu convenção nesta sexta feira

Diretório municipal do PDT promoveu convenção nesta sexta feira

Jaru: Após reunião, taxista diz que Acir confirmou ser contra a categoria e trabalha para prejudicar regulamentação

O clima de animosidade entre taxistas e o senador Acir Gurgacz, se intensificou nesta ultima semana.
Acusado de legislar em causa própria em favor dos interesses de sua empresa, o sócio proprietário da empresa de transporte de passageiros Eucatur, o senador Acir Gurgacz, esta tendo enfrentar a resistência dos taxistas e duras criticas do senador Ivo Cassol.
Após uma reunião promovida na noite desta sexta feira entre o senador da república Acir Gurgacz e taxistas do município de Jaru, o presidente da associação Lider Taxi, Osnir, avaliou que Acir confirmou claramente ser contra os taxistas e trabalha contra regulamentação da categoria nas lotação intermunicipal, “ ele quer colocar a policia para prender pais de famílias, para beneficiar sua empresa” disse Osnir durante a reunião.
Ele diz que as partes não chegaram ao um consenso e a situação simplesmente ficou pior.

Justiça mantém condenação de 130 anos a médico estuprador, em RO

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) decidiu manter a prisão de 130 anos do médico acusado de estuprar 15 pacientes, durante exames ginecológicos, em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. Segundo o judiciário, Pedro Augusto Ramos, de 59 anos, vai continuar em regime fechado.

Para os desembargadores, o médico se aproveitava da profissão e da vulnerabilidade das vítimas para a própria satisfação sexual O julgamento do recurso foi divulgado no começo deste fim de semana.

G1 tentou entrar em contato com a defesa do réu, mas não obteve retorno até a publicação da reportagem.

Conforme o judiciário, a defesa do réu apresentou recurso de apelação apontando que os procedimentos utilizados pelo médico ginecologista foram técnicos e fazem parte da rotina dos exames.

Para o relator da ação, desembargador José Jorge Ribeiro da Luz, não resta dúvidas de que Pedro Augusto tenha realizado algumas práticas de forma correta, mas o que se apura no processo é o aproveitamento de tais práticas para consumar os atos libidinosos ou abusos.

Segundo o desembargador, mesmo que o médico não tenha se utilizado da violência ou grave ameaça, ele se aproveitava da profissão desempenhada e da vulnerabilidade em que as vítimas se encontravam durante os exames para a própria satisfação sexual.

Consta nos autos que um exame ginecológico dura no máximo cinco minutos, por conta do incômodo físico e psicológico à paciente. Porém, o procedimento chegava a durar até 30 minutos, o que resultava na configuração do estupro de vulnerável, devido ao estado em que as pacientes se encontravam nos exames.

O colegiado da 1ª Câmara Criminal do TJ-RO julgou improcedente a apelação criminal e manteve a sentença do juízo de Ariquemes na condenação de 130 anos de prisão pelos 15 crimes de estupro, praticados entre os anos de 2014 e 2015.

Acusado está preso em Ariquemes (Foto: Jeferson Carlos/G1)Acusado está preso em Ariquemes (Foto: Jeferson Carlos/G1)

Acusado está preso em Ariquemes (Foto: Jeferson Carlos/G1)

No processo consta que as advogadas do réu são do Rio Grande do Sul.

G1 tentou entrar em contato com as duas advogadas, mas nenhuma delas retornou às ligações até o término desta reportagem.

Caso

Pedro Augusto Ramos foi preso no dia 2 de março de 2015, após diversas vítimas irem até a Delegacia de Polícia Civil e denunciarem o médico por estupro. A Justiça expediu o mandado de prisão preventiva e ele foi encontrado na residência onde morava.

Após ser levado à delegacia, o médico chegou a relatar que a prisão dele seria uma “palhaçada”.

Depois de prestar depoimento, o ginecologista foi encaminhado à Casa de Detenção de Ariquemes e mais recentemente levado ao novo Centro de Ressocialização do município. Ele aguardou todo o andamento do processo preso.

Sete dias depois da prisão, a Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão na residência do médico e apreendeu um computador com informações de prontuários médicos de pacientes atendidas pelo profissional foi apreendido.

Segundo a polícia, no aparelho havia dados de aproximadamente 200 pacientes e todas elas foram ouvidas para que fosse instaurado o inquérito.

Contudo, a defesa de Pedro Augusto tentou, por diversas vezes a soltura do réu, mas ele teve três pedidos de habeas corpus e um pedido de conversão, do regime prisional para o regime domiciliar, negados.

G1 teve acesso à sentença condenatória do réu, decretada pela juíza Cláudia Mara da Silva. Com 77 páginas, o documento descrevia com extremo detalhe cada uma das ações cometidas pelo médico.

Em um dos casos, a vítima foi ao médico para uma avaliação de rotina do dispositivo intrauterino (DIU), mas acabou sendo abusada.

Médico foi condenado por estuprar mais de 15 mulheres (Foto: Franciele do Vale/G1)Médico foi condenado por estuprar mais de 15 mulheres (Foto: Franciele do Vale/G1)

Médico foi condenado por estuprar mais de 15 mulheres (Foto: Franciele do Vale/G1)

Já em outro caso, também relevante, o ginecologista praticou violência sexual durante o tratamento de um aborto espontâneo em uma paciente.

“O réu atendeu a vítima nos fundos do hospital, onde não havia movimento de pessoas. Posteriormente, ele determinou que a paciente se despisse e deitasse na maca, quando se posicionou entre as pernas da vítima e a masturbou por trinta minutos, mesmo com a paciente pedindo para encerrar o ato”, consta na sentença.

Os casos ocorreram entre o dia 12 de setembro de 2014 a 25 de fevereiro de 2015.

Os abusos aconteceram em um hospital particular, no posto de saúde municipal e no hospital regional do município. Ainda de acordo com a Justiça, o médico é acusado de cometer o mesmo crime em Canutama (AM) e responde por um processo na Justiça do Amazonas.

Jaru: Clima tenso entre taxistas e Acir Gurgacz durante discussão sobre polêmico Projeto n°569/15

O clima esquentou durante uma reunião realizada na noite desta sexta-feira (29) entre o senador da república Acir Gurgacz e taxistas do município de Jaru.

A discussão se deu em face do projeto de Lei n°569/15, de iniciativa do senador Acir Gurgacz que estabelece punições ao transporte clandestino de passageiros.

A polêmica foi motivada com o discurso dado pelo senador Ivo Cassol na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, que fez duras críticas ao projeto, pois segundo ele atingirá em cheio os taxistas, os quais serão proibidos de realizar transporte de passageiros de um município ao outro, o chamado transporte intermunicipal.

O presidente da associação Líder Táxi de Jaru e região, Osnir, acompanhado de outros taxistas, aproveitaram a vinda do senador Acir Gurgacz ao município para uma convenção municipal, e se reuniram com ele em uma sala da Câmara Municipal de Vereadores, o tema foi direcionado ao projeto.

Os taxistas cobraram do senador uma explicação em relação ao seu posicionamento quanto ao projeto, que de acordo com seus entendimentos, tem por objetivo prejudica-los e beneficiar exclusivamente a empresa de transporte de passageiros da família Gurgacz, a Eucatur.

Em resposta Acir, acusou o senador Cassol de disseminar intencionalmente uma interpretação erronia do projeto de Lei n°569/15. Segundo Acir, o projeto de lei não atingirá os taxistas regulamentados, a intensão é punir transportadores de passageiros clandestinos, como ônibus, vans e táxis.

Porém os ânimos se exaltaram após reiteradas divergências sobre o assunto, Acir, afirmava categoricamente que o projeto não atingiria os taxistas regulamentados, porém não convencia.

Em dado momento Gurgacz visivelmente se alterou e perdeu a paciência com os taxistas,

vocês querem jogar meu nome na lama como estão fazendo com todo mundo, isto não tem uma virgula contra taxistas, vocês estão sendo ludibriados pelo Narciso (Cassol).”

Senador Acir Gurgacz

Ao final os taxistas passaram a cobrar do senador apoio a regulamentação da lotação e transporte intermunicipal, apoio não conferido por Gurgacz, que alegou não ser de responsabilidade dos representantes federais.

Ambas as partes avaliaram negativamente a reunião.

Jaru: Será neste domingo a 11ª edição do Leilão Direito de Viver

Jaru: Será neste domingo a 11ª edição do Leilão Direito de Viver

Acontecerá neste domingo (01), a 11ª edição do Leilão Direito de Viver em prol do Hospital de Câncer da Amazônia. O evento terá início às 11:00h no Tatersal de Leilões da Cooaja.

Pela primeira vez o leilão ocorrerá no período diurno e em um domingo. A Dupla sertaneja Lourenço e Lourival se apresentará para abrilhantar ainda mais o evento.

Inúmeras prendas arrecadadas junto aos comércios do município serão leiloadas, juntamente com alguns animais, como gado, cavalos, carneiros, etc.

Os organizadores do Leilão convidam a população em geral a participar e contribuir com esta importante causa, que é a construção da unidade do Hospital de Câncer da Amazônia, sediada na capital, Porto Velho.

Em Jaru, contribuinte pode pagar débitos da dívida ativa com até 90% de isenção das multas e juros até 31 de outubro

Em Jaru, contribuinte pode pagar débitos da dívida ativa com até 90% de isenção das multas e juros até 31 de outubro

O contribuinte jaruense com débitos municipais, já lançados em dívida ativa, pode ter isenção nas multas e juros de até 90%, no pagamento à vista, até 31 de outubro de 2017.

Parcelamento

O Departamento de Arrecadação e Tributação (DAT), ainda estabelece o parcelamento em até 24 vezes, dos débitos lançados em dívida ativa.

Para os débitos até o limite de 300 UPMF, com pagamento à vista da primeira parcela, de no mínimo 10% do valor da dívida, o restante poderá ser dividido em até 24 vezes.

Já para os débitos igual ou superior a 300 UPMF, com pagamento à vista da primeira parcela, de no mínimo 20% do valor da dívida, o restante poderá ser dividido em até 24 vezes.

Segundo o DAT, o contribuinte deve procurar o setor de arrecadação, para negociar o prazo, ou solicitar sua guia de pagamento à vista com os descontos disponibilizados.

O departamento fica localizado na rua Raimundo Catanhede, 1080, no setor dois. Maiores informações podem ser obtidas através do telefone: 3521-5110.

Servidores da educação recebem capacitação sobre o sistema de diário eletrônico em Jaru

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Semecel) realizou nesta sexta-feira (29), no Centro de Convenções do município, uma capacitação para os professores, supervisores, orientadores educacionais, secretários escolares e diretores da rede municipal de ensino.

O evento teve o objetivo de capacitar os servidores para trabalharem com o sistema de diário eletrônico.  De acordo com a secretária executiva da Semecel, Maria do Socorro, a educação municipal vai adotar o diário eletrônico a partir de outubro.

O prefeito João Gonçalves Júnior destacou que esse sistema é moderno e foi criado para facilitar o trabalho dos professores, no registro da frequência e das notas dos estudantes.

Todo treinamento foi disponibilizado pela Pública Serviços Ltda, uma empresa especializada na prestação de serviços de locação de softwares para gestão pública municipal.

Servidores da educação recebem capacitação sobre o sistema de diário eletrônico em Jaru

Servidores da educação recebem capacitação sobre o sistema de diário eletrônico em Jaru