Prefeitura de Governador Jorge Teixeira, esclarece o atraso do pagamento da Educação de Dezembro 2016

O secretário de Fazenda informa o devido motivo do atraso do pagamento dos funcionários da Educação.

* Nós, da administração municipal de Governador Jorge Teixeira, queremos informar em especial aos servidores da educação, que ainda não receberam seus salários referente ao mês de dezembro de 2016, esse constrangimento ocorre devido a um problema com o sistema do Banco do Brasil. Com a mudança de gestão, os Bancos cadastram novas senhas para os Prefeitos e alguns Secretários. Esse processo é um pouco burocrático, e no caso de Jorge Teixeira esse problema no sistema tem atrasado ainda mais o cadastro e a liberação dessas senhas. Em contato com a superintendência do Banco do Brasil, nos fomos informados que outros municípios também estão passando pelo mesmo problema. O Banco comunicou que estão trabalhando para resolvê-lo o mais rápido possível. Ressaltamos, que assumimos a administração com essa folha já em atraso. Dessa forma, assim que estivermos com total acesso ao sistema, será nossa prioridade o pagamento de seus vencimentos em atraso.

O prefeito João Paciência, pediu prioridade neste problema e que seja resolvido o mais rápido possível.

Quero agradecer a compreensão de todos, em caso de alguma dúvida me coloco a disposição. Weskley Bezerra secretário de Fazenda de Governador Jorge Teixeira.

thumbnail_img-20170117-wa0006

Fonte: assessoria de comunicação

Pecuarista que matou ex-mulher e o companheiro dela foge ao cerco da Polícia

O pecuarista Cezar dos Santos, 40 anos, que matou duas pessoas no último sábado, conseguiu fugir a um grande cerco policial nesta segunda-feira. O criminoso, agora foragido da Justiça, assassinou Cleiziane Dias da Silva e Márcio Júnior Ferreira, ex-companheiro dela. O caso aconteceu em Mirante da Serra.
Na tarde da segunda-feira a Polícia Civil conseguiu informações dando conta que ele estava em uma propriedade rural do município de Presidente Médici, na Linha 114, que pertence a parentes. Ele estaria armado com um revólver e disposto a não se render.

Cinco equipes com policiais civis de Ji-Paraná, Mirante da Serra e de Ouro Preto do Oeste se deslocaram para a vicinal, mas como o local é de difícil acesso, e fica em um ponto alto da região, Cezar dos Santos conseguiu ver o comboio de viaturas, e escapou por uma área de matas antes da chegada dos policiais. “Infelizmente ele conseguiu fugir poucos minutos antes da nossa chegada, o local era difícil para chegar sem ser notado, o que facilitou para que ele entrasse na mata. Fizemos buscas até tarde da noite, mas suspendemos porque ele foi favorecido pela escuridão”, detalhou o delegado Júlio Cezar de Souza Ferreira, que coordenou as equipes que participaram do cerco ao pecuarista.

O delegado alerta a comunidade rural da região rural de Presidente Médici que Cezar dos Santos fugiu da propriedade de parentes deixando para trás uma bolsa contendo roupas e alguns pertences, e como há o mandado de prisão ele é foragido da justiça poderá em algum momento pedir ajuda ou mesmo tomar alguma atitude desesperada. “Nós estávamos na pista, ele fugiu e não teve tempo nem de levar as roupas, mas vamos continuar as buscas até encontrá-lo”, disse o delegado.

Duplo homicídio

No começo da noite de sábado, Cesar invadiu a residência onde o casal estava morando, primeiro disparou um tiro no peito do pintor Márcio Júnior Ferreira, 31 anos, em seguida entrou na casa, agarrou a ex-mulher pelos cabelos, arrastou-a para o quintal, e como a arma desferiu golpes com coronha da pistola na cabeça e rosto da vítima até estourar o crânio dela, e fugiu em seguida. O delegado revelou ainda que, depois de cometer o crime ele também teria feito ameaças de que iria matar o ex-sogro e sogra e também os próprios filhos que teve com Cleiziane.

Representantes da secretaria de assistência social de Jaru visitam residencial Jardim Europa

A secretária municipal de assistência social, Neusa de Souza Barater e a coordenadora de tesouraria de assistência social, Cleide Gonçalves Leite, estiveram nesta terça-feira (17), no Residencial Jardim Europa. Elas foram acompanhar o andamento dos serviços de finalização do empreendimento.

 

De acordo com Cleide, já iniciaram as instalações dos postes de energia no residencial, além dos serviços de drenagem. “A rede de água tratada já foi concluída e segundo a Construtora Coeng, empresa responsável pelas obras, até o mês de setembro, tudo estará pronto”, enfatizou a coordenadora.

 

De acordo com a secretária Neusa, uma reunião com a coordenação da assistência social do estado, definirá a data para o início do cadastramento das famílias que concorrerão as 613 casas, do Jardim Europa e Primavera.

.
 
jardim-europa
.
thumbnail_jardimeuropa2-001
.
thumbnail_jarudim-europa1-001

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Jaru

Jaru: Corpo de um Homem é encontrado às margens de rio na linha 605 – Atualizada

Foi encontrado na tarde desta terça feira (17), às margens do Rio Benfica, na linha 605, à cerca de 5 km o perímetro urbano do Município, o corpo de José Mauro Fernandes Cardoso de 38 anos.

O corpo estava seminu, há alguns metros da beira do rio, e bem próximo à estrada. De acordo com a perícia foi identificada uma perfuração no ouvido da vítima, ocasionado por um disparo de uma arma calibre 22 e um corte em seu pescoço do lado esquerdo. Aparentemente a vítima foi assassinada na noite de ontem (16), ali mesmo naquelas imediações.

Informações junto ao Sistema de Justiça dão conta de que José Mauro, vulgo “Estragado”, possui passagem pela polícia e respondia pelo crime de agressão e ameaça a sua ex-mulher.

.

5cb82fc8-1783-4726-9440-56ecab6ef1fe-1

.


.
dsc_0229

.


.
dsc_0223

.

280e50ae-59c8-4d8f-8cb0-516

.

dsc_0219

.

dsc_0238

Rondônia adota o Ensino Médio integral a partir de março para mais de seis mil alunos da rede estadual

Com as novas diretrizes para o Ensino Médio estabelecidas pela Medida Provisória 746 do governo federal, Rondônia aderiu ao Programa de Fomento à Implementação de Escolas em Tempo Integral, instituído por portaria do ministro da Educação, Mendonça Filho. Com o processo de implantação do programa em andamento, a previsão é que a partir de 6 de março a jornada escolar seja de 9h30 para 6.530 estudantes do Ensino Médio de 10 escolas da rede estadual.

“Considero positiva na Medida Provisória a ampliação da carga horária. O objetivo é a permanência do aluno e o sucesso na aprendizagem. Muito positivo o foco em componentes básicos, como português e matemática. A questão de incentivar o protagonismo do aluno, uma vez que ele vai buscar itinerários formativos que dizem respeito à sua aptidão, também é valiosa”, afirmou a diretora-geral de Educação da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Angélica Ayres.

A Seduc conta, para a implementação do programa, com a assessoria do Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), de Pernambuco, que já atuou com metodologia de adoção do ensino integral em São Paulo, Ceará, Piauí, Sergipe, Goiás, Espirito Santo, Maranhão, Paraíba e Pernambuco, que têm o melhor Indicador da Educação Básica (Ideb) do País.

O programa, que exige o atendimento mínimo a 2.800 alunos no primeiro ano de implantação, conforme a Portaria 1.145 do MEC, será iniciado em Rondônia nas escolas Brasília (Porto Velho), Heitor Villa Lobos (Ariquemes), Marechal Cordeiro de Farias (Pimenta Bueno), Alejando Vague Mayor (Ji-Paraná), Josino Brito (Cacoal), Juscelino Kubistchek (Alta Floresta), Candido Portinari (Rolim de Moura), Capitão Silvio de Farias (Jaru), Simon Bolívar (Guajará-Mirim) e 7 de Setembro (Espigão do Oeste).

Segundo a gerente de Educação Básica da Seduc, Elcilene Ribas, o Ministério da Educação ofereceu a orientação sobre a escolha das escolas. “Entre outros critérios, tem de ter laboratório, e pelo menos 12 salas de aula”, observou.
Elcilene disse que em dezembro um engenheiro do ICE percorreu os municípios, com apoio e acompanhamento de profissionais das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs), para verificar as condições dos estabelecimentos.

Remetidas as informações ao MEC, mediante planilha dos itens de estrutura física necessária encontrada em cada escola, a Secretaria da Educação Básica aprovou o plano da Seduc. “As escolas que não tiverem adequação completa, como refeitório, irão receber recursos para que isso seja providenciado”, ressaltou a gerente.

Pela portaria, a carga horária curricular deverá contar com no mínimo 2.250 minutos semanais, com no mínimo 300 minutos de língua portuguesa, outros 300 minutos para matemática e 500 para atividades de componente curricular flexível.

Elcilene Ribas explicou que da jornada de 9h30 na escola, o estudante terá o total de 7h30 de aulas, divididas em nove aulas de 50 minutos, com 40 minutos de intervalo (20 pela manhã e outros 20 à tarde) e 1h20 para o almoço, na própria escola.

“Colocar o jovem como um ser em evidência, que se sinta parte do processo de mudança, que pode interferir na aprendizagem, que pode fazer escolhas, é um marco na MP”, disse a gerente. “O jovem quer participar, interagir”, acrescentou.

Segundo ela, o custo por aluno na implantação do programa é de R$ 2 mil, investimento feito pelo Ministério da Educação mediante o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Angélica Ayres acredita que as críticas à MP 746, que flexibiliza componentes curriculares, oferecendo oportunidade para a comunidade escolar decidir o que é mais viável a sua realidade, foram manifestações decorrentes da falta de conhecimento da proposta.

“Sem a compreensão necessária muitas vezes se faz um julgamento inconsistente. Toda proposta precisa ser compreendida. Nós, da Secretaria de Estado da Educação, temos enfrentado essa situação”, ponderou, lembrando a adoção do Ensino Médio com Mediação Tecnológica como uma das iniciativas que sofreram resistência, e hoje recebe elogios.

A professora Angélica Ayres disse ainda que o governo federal desafiou as secretarias estaduais da Educação porque o contexto exige isso. “Temos resultados ruins em todo o País. Os alunos estão desmotivados, os jovens de 15 a 17 anos estão abandonado a escola de maneira assustadora. Sempre digo que se algo não está bem temos de buscar um modelo alternativo; o contexto exige novos caminhos”, ressaltou.

O novo modelo, segundo ela, teve influência de outros aplicados em países, como o Canadá e Finlândia. “O governo federal fez estudos e buscou as melhores experiências para adotar no Brasil”, destacou.

Atendendo ainda às orientações da portaria ministerial, a Seduc nomeou uma equipe para cuidar da implantação do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. A coordenação geral é de Tamara Kasper, subgerente de Educação Integral; a coordenação pedagógica a cargo de Adriana Nobre, da Subgerência de Educação Integral; Samantha Moreira, da área de Infraestrutura; e Elisângela Araújo, da área de Gestão.

3kn2jhyi5jsw8

Presídios federais estão a 300 vagas de atingirem capacidade máxima

Números divulgados pelo Ministério da Justiça apontam que, somados, os quatro presídios federais do país estão a 303 vagas de atingirem a capacidade máxima. O número representa cerca de 36,4% do total de vagas nas unidades.

Cada uma das unidades tem capacidade para receber 208 presos – somados, os presídios têm 832 vagas. Segundo o ministério, atualmente, há 529 presos ocupando vagas em presídios federais.

Atualmente, há quatro presídios federais no Brasil, localizadas em Mossoró, no Rio Grande do Norte; Porto Velho, em Rondônia; Catanduvas, no Paraná; e Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

De modo geral, as penitenciárias federais abrigam presos que não poderiam ficar nas unidades prisionais dos estado por questões de segurança. Entre os requisitos estão:

  • ter desempenhado função de liderança ou participado de forma relevante em organização criminosa; ter praticado crime que coloque em risco a integridade física no presídio comum;
  • ser ou ter sido membro de quadrilha envolvida em crimes com violência ou grave ameaça;
  • ser réu colaborador ou delator premiado, desde que essa condição represente risco à integridade física;
  • e estar envolvido em incidentes de fuga, de violência ou de grave indisciplina no presídio de origem.

A transferência de presos considerados perigosos de presídios onde houve rebeliões e mortes nas últimas semanas é tratada com prioridade pelo governo federal e pelos governos estaduais.

Na última sexta-feira (13), por exemplo, 32 presidiários foram transferidos de Manaus (AM) para presídios federais.

Lotação máxima

Apesar de ainda restarem mais de 300 vagas nos quatro presídios, a lei determina que as unidades não atuem com a capacidade máxima. Isso ocorre para que, em situações de emergência, presos possam ser deslocados para outras áreas da unidade.

Segundo o Ministério da Justiça, não há um número máximo de presos estipulado para cada presídio, mas o G1 apurou que cada uma das unidades atua com algo em torno de até 80% da lotação, seguindo determinação do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Com isso, o total de vagas nos presídios federais, se levada em conta a lotação estipulada pelo Depen, é de 665.

 

Segundo o Ministério da Justiça, até a última sexta, havia 529 presos nos quatro presídios federais. Assim, há 136 vagas disponíveis nas unidades para receberem novos presos.

O presídio de Mossoró recebe, atualmente, 155 presos. Assim, se o percentual de 80% de lotação for respeitado, há 11 vagas disponíveis na unidade do Rio Grande do Norte.

Segundo o Ministério da Justiça, o presídio de Campo Grande recebe, atualmente, 139 presos (27 vagas disponíveis). A unidade de Catanduvas tem 135 presos (31 vagas disponíveis), de acordo com a pasta.

O presídio federal com o maior número de vagas é o de Porto Velho, que recebe, atualmente, 100 presos (66 vagas disponíveis).

Novos presídios

Entre as medidas anunciadas pelo governo para conter a crise penitenciária no país está a construção de novos presídios federais. Atualmente, já há uma quinta unidade em construção, em Brasília.

O presidente Michel Temer já anunciou, por exemplo, a construção de uma unidade no Rio Grande do Sul. Na ocasião, ele afirmou que a realidade atual do país traz uma “necessidade imperiosa” de construir presídios.

“Sei que não é nada agradável anunciar presídios, mas a realidade social atual exige medidas dessa natureza”, declarou na ocasião. “Espero que, daqui a 20 anos, quem esteja nesta tribuna, venha dizer: ‘Olha, eu estou construindo só escolas, só postos de saúde, não estou construindo presídios’. Mas a realidade atual nos leva a necessidade imperiosa de construir presídios”.

Mercado de reposição em ritmo lento no começo de 2017 em Rondônia

Poucos têm sido os negócios efetivados até o momento no estado. Há expectativa que o mercado ganhe movimentação nas próximas semanas. Quanto às cotações, desde dezembro o cenário é de poucas mudanças.

Na comparação anual, em Rondônia ocorreu comportamento atípico em relação à maioria dos estados pesquisados pela Scot Consultoria. No estado ocorreu valorização para todas as categorias, inclusive o boi gordo.

Destaque para as categorias garrote e bezerro, ambas com valorizações consideráveis no período, de 10,5% e 7,2%, respectivamente. Já o boi gordo, que há um ano era negociado ao redor de R$123,00/@, a prazo, atualmente está cotado em R$127,00/@, o que representa valorização de 3,1%.

Há um ano era possível adquirir 2,05 bezerros desmamados de 6@ com a venda de um boi gordo de 16,5@. Atualmente a relação de troca está em 2,10 animais, melhora de 2,4% no poder de compra.

1-637x325

Ibama suspende autorização para usina de Santo Antônio ligar 6 últimas turbinas

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) suspendeu decisão sua, do dia 30 de dezembro de 2016, que autorizava o acionamento das últimas seis turbinas de geração de energia da hidrelétrica de Santo Antônio, em Rondônia.

Essa autorização permitia à usina elevar o volume do reservatório de 70,5 metros para 71,3 metros. A nova cota aumentaria a área alagada corresponde a 1.153,75 hectares. A suspensão, adotada na segunda (16) pelo Ibama, atende a uma decisão da 5ª Vara Federal Ambiental e Agrária.

A Usina de Santo Antônio está instalada no rio Madeira, em Porto Velho (RO), e originalmente operaria com 44 turbinas. Com a autorização, a usina passaria a funcionar com 50 turbinas, o que eleva em 417,6 MW à sua capacidade de geração, para 3.568 MW. Essa energia é suficiente para atender ao consumo de mais de 44 milhões de pessoas.

23 fotos espetaculares de um festival que acontece no meio do deserto

Seleção traz 23 fotos espetaculares de um festival que acontece no meio do deserto. Imagens são incríveis e capazes de encantar qualquer pessoa.

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Foto: Tudo Interessante

Novidades em Bolsas e mochilas na Espelho Meu Cosméticos

[ngg_images source=”galleries” container_ids=”470″ display_type=”photocrati-nextgen_basic_thumbnails” override_thumbnail_settings=”1″ thumbnail_width=”200″ thumbnail_height=”130″ thumbnail_crop=”1″ images_per_page=”15″ number_of_columns=”0″ ajax_pagination=”0″ show_all_in_lightbox=”0″ use_imagebrowser_effect=”0″ show_slideshow_link=”0″ slideshow_link_text=”[Show slideshow]” order_by=”alttext” order_direction=”ASC” returns=”included” maximum_entity_count=”500″]