Só Expedito, Mariana e Marcos Rogério votam pela continuidade de investigações contra Temer

Só Expedito, Mariana e Marcos Rogério votam pela continuidade de investigações contra Temer

Da bancada de Rondônia na Câmara Federal, somente os deputados Expedito Netto (PSD), Marcos Rogério (DEM) e Mariana Carvalho (PSDB/RO) votaram pelo prosseguimento das investigações de corrupção contra o presidente da República, Michel Temer, e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). Os parlamentares repetiram a votação de agosto, que também buscava processar Temer.

A segunda votação acontece nesta quarta-feira e Temer deve vencer.

Os demais deputados rondonienses Lindomar Garçon (PRB), Lúcio Mosquini (PMDB), Luiz Cláudio (PR), Marinha Raupp (PMDB) e Nilton Capixaba (PTB) não se preocuparam com as denúncias de corrupção. Capixaba ainda foi ao microfone dizer que votava pelo bem do povo de Cacoal.

Em breves declarações, Expedito Netto destacou que já votara anteriormente pelo afastamento da ex-presidente Dilma Roussef (PT) e pela continuidade das investigações na primeira denúncia contra Temer. Disse que sua luta é contra a corrupção no país.

A Câmara votou o parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) que recomenda a rejeição do pedido de autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) processar, por crime comum, o presidente da República, Michel Temer, e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).