Queda de arrecadação afeta pagamento de servidores em Jaru

Queda de arrecadação afeta pagamento de servidores em Jaru

A queda de arrecadação nos municípios, em função da crise econômica nacional, está exigindo das prefeituras de todo o país a adoção de medidas de contenção em todas as áreas, o que atinge também o pagamento dos servidores. No município de Jaru não está sendo diferente.

Neste final de ano, a Administração Municipal está sendo obrigada a seguir o ritmo da economia, respeitando os limites legais e fiscais, e buscando garantir a continuidade da prestação de serviços públicos de qualidade para todos.

No comparativo entre 2015 e 2016 a prefeitura fechou com forte queda na arrecadação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), a previsão é de uma perda de 6% para este ano em o que corresponde a aproximadamente 1 milhão de reais. A estimativa para o ano de 2016 é que a queda na arrecadação total esteja estimada em quase 3 milhões de reais.

O Secretário de Fazenda explicou que mesmo com todos esforços feitos pelo executivo, não foram suficientes para suprir a demanda orçamentária. “O prefeito terá que tomar medidas não muito agradáveis para que possamos sair dessa atual situação”.

O Prefeito Inaldo Pedro Alves avaliou a situação e ressaltou que serão necessários ajustes à máquina pública para se adequa a nova realidade econômica do país, sempre obedecendo a Lei Lei de Responsabilidade Fiscal – Lei Complementar 101/00. “Vamos analisar o impacto de tudo isso no município e quais as maneiras que podem ser feitas. As despesas da prefeitura serão um grande desafio nesse ano de 2016. Será um ano complicado”, avaliou o chefe do executivo.

Em relação aos salários de julho dos servidores na ativa, a Prefeitura realizará o pagamento no dia 05 de agosto.

Comentários