Professora faz strip para ganhar Iphone de aluno – Vídeo

Professora faz strip para ganhar Iphone de aluno – Vídeo

Uma jovem de 19 anos, identificada como Yevgenya S, foi flagrada na cidade de Troitsk, na Rússia, participando de um concurso de strip tease para ganhar o último modelo do smartphone da Apple, o Iphone. Para muitos, a garota não estava fazendo nada de mais, já que a competição acontecia em um clube noturno e quando maior idade, cada um sabe o que está fazendo. No entanto, o vídeo da garota, que está em estágio para ser professora em uma faculdade russa, foi colocado na internet e os chefes de Yevgenya parece que não gostaram da conduta dela.

Os professores da faculdade decidiram, sem pensar duas vezes, demitir a jovem do estágio. Além disso, testemunhas que estavam no local, garantem que Yevgenya não ganhou o aparelho celular. As informações ainda são de que o Iphone foi ganho por uma modelo amadora, que teve o smartphone roubado na mesma noite. No vídeo, a professora em treinamento aparece tirando a roupa na frente de uma multidão animada, que aplaude a apresentação.

A própria acadêmica, que não deve voltar a carreirreira de docente tão cedo, deu entrevista ao jornal britânico Mirror. Ao tablóide, a russa afirmou que todos estavam bebendo e aproveitando a noite quando deram a ideia da competição. “Os rapazes começaram a apresentar o concurso e, de repente, era a minha vez”, diz, sem vergonha, Yevgenya. Porém, a estudante relata que ultimamente vem se escondendo, ainda mais que a gravação parece ter feito sucesso na Rússia

Como pode ser visto nas imagens, o vídeo começa com a acadêmica apenas de calcinha, escondendo os seios com os braços. Enquanto isso, o apresentador insiste para que ela tira o resto da vestimenta. Yevgenya faz o que ele diz, mas dá um jeito de não mostrar tudo ao público. No local podem ser ouvidos gritos de animação com a competição.

A mãe da ex-estagiária, identificada apenas como Elena, afirma estar decepcionada com a filha. O Mirror também noticiou que Elena trabalhou durante toda a vida para poder pagar os estudos dela. No entanto, mesmo com a situação, a mãe garante que não irá repreender a jovem, ainda mais que ela “não tem mais 15 anos”.

Folha Max