Polícia Militar realiza cerimonial de troca do comando-geral

Polícia Militar realiza cerimonial de troca do comando-geral

Na manhã desta segunda-feira (11), o coronel Ênedy Dias assumiu o comando-geral da Polícia Militar rondoniense. Quem transmitiu o cargo foi o ex-comandante, coronel Nilton Kisner. O vice-governador Daniel Pereira representou o governador Confúcio Moura no evento.

A cerimônia foi rápida e contou com a presença de diversas organizações sociais e militares, como Sesdec, Marinha, Aeronáutica, Exército e Maçonaria. No discurso de despedida, o coronel Nilton Kisner destacou a autonomia financeira dada pelo Governo do Estado durante o seu comando. “Foram apenas seis meses que fiquei à frente da PM, mas fizemos muito pela corporação. Um desses feitos foi a autonomia de orçamento que foi dada pelo governador Confúcio Moura. Isso nos deu uma agilidade para resolver os nossos problemas, especialmente, os estruturais”, falou ele.

Já em entrevista para o Rondôniavip, o novo comandante da PM, Ênedy Dias, afirmou que fará um trabalho diferenciado na região do Vale do Jamari, que vive uma onda de violência nos últimos meses. “A determinação do governador Confúcio é que tenhamos uma atenção especial com a região do Vale do Jamari. Cuidaremos de todo o estado, mas precisamos fazer um trabalho diferente naquela área. Tenham certeza de que vou me empenhar para devolver a tranquilidade à população das cidades que formam o Vale”, disse ele.

Currículo

Especialistas em segurança pública apontaram ao Rondôniavip que Ênedy Dias é considerado uma nomeação mais técnica, já que ele é especialista com formação acadêmica no setor. Foi subcomandante do 2º Batalhão em Ji-Paraná, comandou a 1ª Companhia Independente em Jaru e o 7º Batalhão em Ariquemes. A última função que o coronel estava exercendo até o momento era o de coordenador Regional de Policiamento I (CRP1), em Porto Velho.

A nomeação de Ênedy foi muito bem recebida por lideranças ligadas à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Rondônia, por especialistas na área do direito, juízes e advogados, parte delas atuando no Vale do Jamari, região mais violenta do estado, que passa por um grande aumento da criminalidade, especialmente nas cidades de Ariquemes, Monte Negro e Buritis.

O tráfico de drogas e as execuções à luz do dia têm assustado a população que há dias pede providências rápidas na resolução destes problemas. Quando Ênedy era comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar em Ariquemes, de 2011 a 2014, comandou diversas ações eficazes contra a criminalidade.
Fonte:RONDONIAVIP