Município de Jaru terá simulador de impacto de acidente

Município de Jaru terá simulador de impacto de acidente

Jaru será o primeiro município do estado a ter um simulador de impacto de acidente. Na semana passada, o prefeito Inaldo Pedro Alves, o gerente municipal de trânsito, Neir de Carvalho, a diretora da CIRETRAN, Lúcia de Fátima Costa e sua equipe, se reuniram e firmaram a parceria para adquirir o equipamento.

O simulador de impacto ficará pronto em breve e será usado em campanhas de conscientização sobre a importância de usar o cinto de segurança.

De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas 50,2% da população brasileira têm o habito de usar o cinto de segurança no banco traseiro de carros ou vans.

Estudo da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego mostra que o cinto de segurança no banco da frente reduz o risco de morte em 45% e, no banco traseiro, em até 75%. Em 2013, um levantamento da Rede Sarah apontou que 80% dos passageiros do banco da frente deixariam de morrer se os cintos do banco de trás fossem usados com regularidade.

Segundo o gerente de trânsito, o simulador é de apenas 5 km/h, mas é suficiente para demonstrar o impacto causado por um acidente  e a importância do uso do cinto de segurança. “Usar o cinto de segurança é uma obrigação, conforme determina o artigo 65 do Código de Trânsito Brasileiro, mas acima de tudo, protege a vida dos motoristas e passageiros”, frisou Neir.

Neir destacou ainda que, esse é o resultado das grandes parcerias da gerência. “DETRAN, Policia Rodoviária Federal (PRF), Policia Militar (PM) e Bombeiros, são órgãos que nos ajudam todos os dias a fazer um trânsito melhor e mais seguro”, comentou.

IMG_4029 simulador

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Jaru