Motorista condenado por matar três pessoas é preso 10 anos após o acidente em Ariquemes

Motorista condenado por matar três pessoas é preso 10 anos após o acidente em Ariquemes

A Polícia Civil de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, prendeu nesta semana um homem de 28 anos, que estava foragido da Justiça. Ele foi condenado a 12 anos de prisão, em junho de 2013, por assassinar três pessoas e deixar outras duas feridas após um acidente de trânsito na BR-364, entre Ariquemes e Alto Paraíso (RO), em fevereiro de 2008. O réu foi encontrado em uma residência no Setor Parque das Gemas.

Após receber uma denúncia anônima, uma equipe de policiais civis se deslocou até o imóvel informado na quarta-feira (6), onde encontrou o suspeito e cumpriram o mandado de prisão.

Posteriormente ele foi encaminhado até a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Ariquemes e após prestar esclarecimentos ao delegado, ele foi levado até o Centro de Ressocialização do município para começar a cumprir a sentença.

O acidente

Motorista condenado por matar três pessoas é preso 10 anos após o acidente em Ariquemes (Foto: Divulgação)Motorista condenado por matar três pessoas é preso 10 anos após o acidente em Ariquemes (Foto: Divulgação)

Motorista condenado por matar três pessoas é preso 10 anos após o acidente em Ariquemes (Foto: Divulgação)

Três pessoas morreram e duas ficaram gravemente feridas após um acidente de trânsito no Km 535, da BR-364, em Ariquemes, no dia 16 de fevereiro de 2008. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista da caminhonete seguia pela rodovia, sentido ao município de Alto Paraíso, onde acompanharia a Corrida Nacional de Jericos.

O condutor, na época com 18 anos, estava com outros dois amigos na caminhonete e havia iniciado uma manobra de ultrapassagem em um caminhão, no trecho de curva e de faixa contínua. Ao invadir a pista contrária, o veículo colidiu de frente contra um táxi, com três pessoas.

PRF encontrou substâncias entorpecentes encontradas dentro da caminhonete que causou acidente (Foto: PRF/Divulgação)PRF encontrou substâncias entorpecentes encontradas dentro da caminhonete que causou acidente (Foto: PRF/Divulgação)

PRF encontrou substâncias entorpecentes encontradas dentro da caminhonete que causou acidente (Foto: PRF/Divulgação)

Condenação

Conforme o Tribunal de Justiça de Rondônia, o réu foi julgado através do Júri Popular da 1ª Vara Criminal de Ariquemes, em 13 de junho de 2013. Durante o julgamento, os promotores de Justiça sustentaram que o réu agiu com dolo eventual, quando assume o risco da ação, tendo em vista que realizou uma ultrapassagem indevida uma curva, sendo um local de faixa contínua.

Após as investigações, foi confirmado que o motorista dirigia a caminhonete em alta velocidade e ainda foram encontradas bebidas alcoólicas e drogas dentro do veículo.

O Conselho de Sentença reconheceu o dolo eventual do condutor nos crimes causados com o acidente de trânsito. O juiz estipulou a pena de nove anos de prisão pelas três mortes e três anos de prisão pelas duas lesões corporais, totalizando 12 anos de prisão a serem cumpridos em regime fechado.

Durante o andamento do processo judicial, o réu chegou a ser preso preventivamente, mas ele foi solto após a defesa impetrar um habeas corpus, e desde então, não havia sido mais localizado.

Comentários