Ministro Do Esporte Se Reúne Com Autoridades Em Porto Velho

Ministro Do Esporte Se Reúne Com Autoridades Em Porto Velho

Ministro Do Esporte Se Reúne Com Autoridades Em Porto Velho

O Ministro do Esporte George Hilton se reuniu com autoridades estaduais e municipais nesta quarta-feira (3), em Porto Velho. A reunião foi realizada com o objetivo de debater sobre o revezamento das da tocha olímpica, que irá pernoitar na capital de Rondônia. Com a passagem da tocha muitos investimentos serão aplicados na cidade.

De acordo com George Hilton a passagem da tocha mostra o sucesso que as olimpíadas tem feito em todo o Brasil.”Em cada cidade que passamos vimos o carinho da população com tocha e não se trata só das olimpíadas, se trata também de mostrar cada cidade em que ela irá passar, e na reunião de hoje resolveremos os últimos detalhes para a passagem da tocha”, explicou o ministro.

Espaço Alternativo (Foto: Ísis Capistrano/G1)
Obra do Espaço Alternativo deve ser entrega antes
da Tocha Olímpica chegar a Porto Velho
(Foto: Ísis Capistrano/G1)

Conforme o governador do estado, Confúcio Moura, o evento nacional promoverá a visibilidade para Rondônia. Já sobre o Espaço Alternativo o governador pretende fazer entrega da obra ainda este ano. “Não faremos mais licitação usaremos o nosso pessoal, esperamos entregar o espaço antes da chegada da tocha olímpica a nossa cidade”, declarou Confúcio.

Investimentos

Segundo o ministro do Esporte, George Hilton, em Porto Velho será investido em reforço de segurança pública R$ 7,9 milhões para fortalecer unidades de pericia criminal, além de capacitar profissionais que atuam na segurança pública. O Corpo de Bombeiros também recebeu dinheiro para a compra de equipamentos de combate a incêndios, novos veículos para salvamento dentre outros, o valor é de R$ 1,2 milhões.

Para promover ainda mais a cultura no estado de Rondônia, o Ministério da Cultura investiu R$ 6,5 milhões, sendo doados do Governo Federal R$ 4,5 milhões. Está em ánalise no Ministério do Esporte um projeto para a construção de um pista certificada na Universidade Federal de Rondônia,  a pista incluirá campo de futebol e pode custar em torno de R$ 8,3 milhões.