Mãe abre mão de tratamento do câncer para salvar vida de seu bebê, mas menina morre

Mãe abre mão de tratamento do câncer para salvar vida de seu bebê, mas menina morre

Como diz a sabedoria popular, o amor de mãe por um filho não tem limite. A inglesa Heidi Loughlin, 32 anos, de Portishead, abriu mão de tratar um câncer para salvar sua gravidez, segundo informações do site britânico Daily Mail. Mas agora, depois de perder a filha, que não nasceu prematura e acabou morrendo, ela revela que o tumor se espalhou para seus pulmões