Jaru e mais 29 municípios participa em setembro dos Jogos Intermunicipais de Rondônia

Jaru e mais 29 municípios participa em setembro dos Jogos Intermunicipais de Rondônia

O retorno do futebol será avaliado pelos organizadores da 10ª edição dos Jogos Intermunicipais de Rondônia 2016 (JIR) e o karatê será incluído nas modalidades de 2017.

Com sede no Ginásio Gerivaldão, em Ji-Paraná, de 2 a 11 de setembro a Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel) retomará a competição que aceita atletas locais e de outros estados.

Essa característica revela a integração entre rondonienses e migrantes filhos de agricultores, comerciantes e industriais que para cá vieram, desde meados dos anos 1970.

O JIR investe recursos do fundo lotérico federal e da Lei Pelé. Suas sete regionais esportivas se diferenciam daquelas socioeconômicas. São elas: Cacoal, Costa Marques, Jaru-Ouro Preto do Oeste, Porto Velho-Guajará-Mirim, Rolim de Moura, Vale do Jamari e Vilhena.

Tradicional e com alto nível, o atletismo e o ciclismo caminham bem, e o karatê encontrou espaço de norte a sul do estado, entretanto, o Conselho Estadual de Desporto preocupa-se com a natação, modalidade com déficit de participação, que não abrange todos os municípios. “A Federação Rondoniense de Natação fará o possível para melhorá-la”, disse o titular da Sejucel, Ilmar Esteves de Souza.

O Conselho lida com outras situações semelhantes, entre as quais a ginástica rítmica, incluída nos jogos em 2012, e eliminada em 2013.

Estavam inscritos até esta terça-feira (9) pelo menos 2.400 atletas, conforme o diretor técnico da competição, Neimário Cunha. Mas esse número poderá subir para 2.500.

Maria Eduarda Tavares Duarte, a Duda, foi eleita atleta do ano em 2015

Maria Eduarda Tavares Duarte, a Duda, foi eleita atleta do ano em 2015

A sede e os vencedores de cada regional farão a disputa final nas modalidades coletivas e individuais: atletismo, capoeira, ciclismo, futebol, futsal, handebol, judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, voleibol e xadrez.

Em 2013, São Francisco do Guaporé sagrou-se campeão em taekwondo. Em 2014, Itapuã do Oeste foi campeão de vôlei masculino em Vilhena ao derrotar Porto Velho por três sets a zero.

“O improvável acontece nesta competição. Quem será o campeão geral?”, provoca Ilmar de Souza.

Candeias do Jamari foi vice-campeão em futsal masculino em 2013. Mirante da Serra teve bom desempenho em futsal no ano passado.

Guajará-Mirim cresce em taekwondo e capoeira, e Porto Velho volta a ser bom em handebol masculino. “O equilíbrio faz a competição melhorar bem”, considera o superintendente, referindo-se ao período 1983-1986.

Durante três anos, Porto Velho obteve sucessivas vitórias em vôlei, handebol e natação. De lá para cá, Cacoal é campeão geral.

Neimário Cunha e Ilmar de Souza atribuem essa conquista à melhora do padrão técnico e de investimentos municipais no setor. O que, segundo eles, também acontece com outros municípios.

“Cacoal começou inscrevendo atletas de outras cidades, hoje os pratas da casa se destacam. No final de semana passada, a cidade venceu o campeonato de handebol feminino promovido pela confederação”, assinalou Souza.

O superintendente lembra atletas famosos que protagonizaram a melhor fase do handebol masculino em Cacoal: Branca, Cássio, Cristóvão, Everton, Macoto, Reinaldo e Washington. Cristóvão e Everton faleceram e Cássio voltou para Goioerê (PR).

Jogadores “importados” dessa cidade paranaense lotavam ginásios e a maior marca, conforme Cunha e Souza, foi o incentivo deixado à juventude.

QUEM DISPUTA O JIR 2016

Trinta municípios disputam os Jogos Intermunicipais deste ano, em sete regionais: Alta Floresta do Oeste, Alto Alegre dos Parecis, Alto Paraíso
Ariquemes, Buritis, Cacoal, Candeias do Jamari, Castanheiras,
Cerejeiras, Chupinguaia, Colorado do Oeste, Costa Marques,
Cujubim, Guajará-Mirim, Itapuã do Oeste, Jaru, Ji-Paraná, Machadinho do Oeste, Mirante da Serra, Nova Mamoré, Ouro Preto do Oeste
Pimenta Bueno, Porto Velho
Presidente Médici, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé,
Santa Luzia do Oeste, São Miguel do Guaporé, Seringueiras e Vilhena

Comentários