Jaru: Centro de convenção que almejava ser um dos melhores de RO se transformou em uma estrutura de R$ 1 milhão, em desuso

Jaru: Centro de convenção que almejava ser um dos melhores de RO se transformou em uma estrutura de R$ 1 milhão, em desuso

20160202201914-001O Teatro Municipal de Jaru, ou Centro de Convenções Municipal, no período de seu projeto e construção que ocorreu de 2011 a 2012, alimentou as esperanças do incentivo a cultural do município.

Os recursos para a realização da obra foram obtidos através de uma emenda parlamentar da deputada federal Marinha Raupp (PMDB), junto ao Ministério do Turismo, e com contrapartida do município totalizando um investimento de cerca de R$ 975 mil reais.

Os gestores públicos da época, como o prefeito Jean Carlos, na oportunidade declarou que o local seria mais que um teatro, seria uma espécie de centro de convenções, que sediaria vários eventos culturais do município.

Ao contrário do que se imaginava, o Centro de Convenções se transformou em apenas uma estrutura de cerca de 880 metros quadrados, dotada de um auditório, sala de imprensa, oficina de ensaio, salão, entre outras repartições, totalmente em desuso pelo município.

O “elefante branco” como também pode ser chamado, está localizado na Linha 605, no bairro Jardim dos Estado, bem longe do centro da cidade, motivo talvez que dificulta sua utilização. Atualmente algumas apresentações culturais que poderiam ser feitas no Centro de Convenção, são realizadas no auditório da ACIJ, que é bem mais amplo, e centralizado.

20160202201915-001