Famílias sem moradia própria serão cadastradas para ganhar casas

Famílias sem moradia própria serão cadastradas para ganhar casas

Pelo menos dez mil famílias que não têm moradia própria devem ser cadastradas pela Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação de Porto Velho(Semur), entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro, para ter acesso à casa própria, segundo nota divulgada pela prefeitura na última quarta-feira (10).

O objetivo é formar um banco de dados para atender pessoas que necessitam de moradias. O cadastro terá validade por dois anos e vai contemplar inicialmente mais de 2,5 mil famílias do empreendimento Morar Melhor e outras 240 do Cidade de Todos III. Nesse período de dois anos, o banco de dados será utilizado no sorteio das unidades habitacionais, tanto pelo Governo do Estado, quanto pelo município de Porto Velho.

O cadastramento inicia no dia 30 de agosto no Bingool Clube, na Rua Rogério Weber, centro da cidade. De segunda a sexta-feira, o atendimento começa às 8h e se estende ao decorrer do dia. Aos sábados, o serviço será oferecido até ao meio dia. Diariamente serão distribuídas 700 senhas e 250 atendentes estarão de prontidão para efetivar os cadastros.

Para se cadastrar, o candidato deve ter renda familiar bruta de até R$ 1.800, além de apresentar documentos originais e cópias legíveis dos mesmos.

Confira a relação de documentos necessários para o cadastro:
Cadastro de Pessoa Física (CPF)
Certidão de nascimento dos filhos (até 18 anos e que moram com os pais)
Certidão de casamento (para quem é casado)
Certidão de nascimento dos cônjuges (no caso de união estável)
Comprovante de inscrição no Cadastro Único do Governo Federal
Comprovante de residência de no mínimo três anos em Porto Velho
Cartão de vacinação dos filhos ou boletim escolar
Cadastro de Pessoa Física (CPF)  do membros do grupo familiar
Comprovante de renda dos membros do grupo familiar.

Comentários