Elaine Ranzatto rebate declaração de Antonia Fontenelle: ‘Pessoa baixa’

Elaine Ranzatto rebate declaração de Antonia Fontenelle: ‘Pessoa baixa’

A polêmica entre Antônia Fontenelle e Elaine Ranzatto continua e parece não ter fim. A atleta fitness – que substituiu a atriz no posto de rainha de bateria da escola de samba carioca Caprichosos de Pilares – não gostou de uma declaração feita pela rival ao EGO e, nesta sexta-feira, 12, resolveu se pronunciar.

“Estou realmente impressionada como uma pessoa pode ser baixa a esse ponto e citar palavras como as que citou. Quem é ela para falar de alguém? Vive metida em polêmicas e espetando os outros! Não tem histórico artístico, é conhecida por se relacionar com pessoas conhecidas e por ser baixo nível”, rebateu Elaine Ranzatto.

Elaine Ranzatto (Foto: Rafael Antonio / MF Models Assessoria )Elaine Ranzatto no desfile da Caprichosos
(Foto: Rafael Antonio / MF Models Assessoria )

E ela não parou por aí… “Sou empresária, trabalho duro, tenho um nome de respeito em Angola! Sou diretora de uma grande academia por lá, tenho uma academia em Miami, minha marca de roupa… Não sou uma desocupada ou preciso de ganchos para me dar bem na vida”, completou.

Polêmica

Elaine ficou com raiva das declarações de Antonia Fontenelle ao EGO. A atriz detonou o desfile da Caprichosos de Pilares, que acabou sendo rebaixada para o Grupo B do carnaval carioca. “Alguém tinha dúvida de que eles seriam rebaixados? Se a Caprichosos não caísse, o carnaval tinha que acabar. Eles não tiveram nada, na verdade… A escola não fez carnaval. Era mais digno não botar nada em cena do que aquilo. Foi uma afronta à história da Sapucaí”, disse.

Questionada se estava aliviada de não ter participado do desfile da Caprichosos, Antonia alfinetou mais um pouco: “Graças a Deus, meu santo é forte! Detecto sujeira de longe! Lamento muito pela Velha Guarda da escola. Quem sofre e está lá chorando são eles, que criaram a Caprichosos, uma escola que tem história…”.

“Tinha que se ter mais respeito por essas pessoas. Mas, hoje em dia, qualquer piranha que paga tem mais valor. Essa meia dúzia que paga para aparecer, agregadas que saem do nada só para aparecer e cobrar cachês mais caros. O carnaval não pode ser feito disso. Tem que mudar”, clamou. Xiii….