Detento foge de presídio usando corda feita com lençóis em Ji-Paraná

Detento foge de presídio usando corda feita com lençóis em Ji-Paraná

Um detento do regime semiaberto fugiu do presídio Agenor Martins de Carvalho em Ji-Paraná(RO), município a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho, nesta quarta-feira (20). Segundo a polícia, o preso conseguiu fugir usando uma corda feita com lençóis para pular o muro da unidade prisional durante a madrugada. A Polícia Militar (PM) e agentes penitenciários realizaram buscas, mas não localizaram o fugitivo.

De acordo com boletim de ocorrência, a fuga aconteceu por volta das 2h da madrugada. Segundo o relato do policial que fazia a guarita, ele avistou uma movimentação estranha e percebeu que um detento estava subindo o muro dos fundos da unidade usando uma ‘tereza’ – corda feita com lençóis.

O policial tentou evitar a fuga e avisar os outros policias e agentes penitenciários. Chegou a efetuar disparo contra o chão, mas o detento não se intimidou e fugiu. Após o ocorrido, foi realizada uma contagem no pavilhão e confirmado que faltava um preso, de acordo com o registro do caso. A PM realizou buscas, mas não localizou o fugitivo.

Procurado pelo G1, o diretor do presídio, Valcilande de Souza, informou que os detentos da unidade ficam presos em um pavilhão sem celas. Na fuga, o preso conseguiu serrar a grade de uma janela que dá acesso ao muro. “Ele serrou e pulou o muro com de cerca de 2 metros de altura”, disse.

A corda feita com lençóis foi encontrada e apreendida. O diretor acrescentou ainda que provavelmente o detento utilizou uma serra para serrar a grade, porém o objeto não foi localizado. O fugitivo cumpria pena por diversos roubos e ainda não foi encontrado.

Comentários