zap log jaru transporte transportadora

Deputado Follador é agredido ao tentar inspecionar usina

Deputado Follador é agredido ao tentar inspecionar usina

Ao tentar fazer aquilo que os deputados de Minas Gerais não fizeram para evitar as tragédias de Mariana e Brumadinho, o deputado estadual Adelino Follador (DEM-Ariquemes) foi agredido por um segurança da pequena central hidrelétrica Jamari, instalada no rio do mesmo nome e, segundo boatos, corre risco com a cheia excepcional do rio este ano. Indignado, o  deputado registrou ocorrência na delegacia de Polícia de Ariquemes contra o segurança da Pequena Central Hidrelétrica que teria lhe agredido e o impedido de fazer uma inspeção nas instalações que estaria para ser atingida pela cheia do rio Jamari. A cheia do rio Jamari já invadiu casas e propriedades rurais, famílias perderam mobílias e estão sendo retiradas de suas casas, pontes foram destruídas e estradas estão intransitáveis. Surgiram boatos de a Pequena Central Hidrelétrica-PCH, estariam no limite, o que teria motivado o deputado a fazer a visita ara constatar in loco a situação.

Ao chegar a PCH Jamari, localizada no Travessão B-40 Sul da BR-364, o deputado Adelino Follador (DEM) e, chegando ao local antes mesmo de adentrar já começou a ser destratado por um segurança despreparado que guarnecia o local. Adelino se identificou e explicou o motivo de sua visita, mas foi rechaçado pela segurança, que já passou a lhe xingar, determinando que ele se retirasse do local.

Adelino se dirigiu, então, ao portão que estava entreaberto, e ao caminhar em direção à guarita onde estava o segurança para explicar o motivo de sua ida até o local e saber se havia a possibilidade de conversar com algum responsável. Neste momento, o parlamentar foi empurrado. Mesmo assim, permaneceu no local, embora tenha sido ofendido o tempo todo pelo funcionário da PCH.

Em seguida, chegou ao local uma pessoa, mais educada e afirmando que assim que um responsável chegasse ali manteria contato para as explicações que o deputado buscava. Mesmo mantendo a calma diante da situação, o deputado Adelino Follador demonstrou ter ficado chateado com a situação e resolveu ir até a Delegacia de Polícia, onde registrou boletim de ocorrência relatando os fatos.

Assembleia defende prerrogativas

A Assembleia Legislativa de Rondônia repudia veementemente o desrespeito ao deputado estadual Adelino Follador (DEM), durante o desempenho de suas atividades parlamentares na PCH Jamari, onde buscava informações sobre os graves problemas gerados pela cheia do Rio Jamari. O deputado foi empurrado e expulso do local por um segurança, em uma completa agressão a Constituição do Estado, que garante as prerrogativas do parlamentar no seu legítimo direito fiscalizador.

Ao tempo em que se solidariza com o deputado Follador, a Assembleia Legislativa de Rondônia informa que está tomando todas as medidas necessárias, seja para resguardar as prerrogativas de seus membros e ainda buscando firmes ações para minimizar os efeitos da cheia no Rio Jamari.

Importante destacar que as prerrogativas dos deputados estaduais garantem a firme atuação da Assembleia Legislativa nas questões de pleno interesse do povo rondoniense.

Comentários