publicado em: 17 jul 2017 - Redação

Deficiente mental de 8 anos é estuprada por padrasto

Deficiente mental de 8 anos é estuprada por padrasto

Uma equipe da Polícia Militar prendeu na manhã deste domingo (16), R. G. R. (32), acusado de estuprar a própria enteada – uma portadora de necessidades especiais de 8 anos, e agredir a esposa de 26. O crime aconteceu na residência onde a família mora, localizada no bairro Conceição, setor Sul da capital.
 
Segundo informações do boletim de ocorrência, o homem estava ingerindo bebida alcoólica na companhia do vizinho na frente da casa desde a tarde de ontem. Ao entrar no imóvel por volta das 1h desta madrugada, o suspeito se armou com duas facas, obrigou a esposa a beber cachaça, desferiu vários socos no rosto e cabeça dela e manteve relação sexual anal e vaginal. Em seguida, o suspeito mandou a esposa colocar a filha na cama, deu bebida alcoólica a força para a enteada e praticou o estupro. Já nesta manhã, após o marido dormir, a mulher acionou a Polícia Militar. O homem reagiu a prisão e foi necessário o uso da força física para imobilizá-lo. 
 
A criança foi levada para a UPA da região, onde a médica de plantão constatou a lesão no órgão genital da menina. A vítima foi transferida para o hospital Cosme e Damião, permanecendo em observação. R.G. R, que já tinha passagem pela polícia, foi apresentado na Central de Flagrantes.
 

 

ABSURDO  - Deficiente mental de 8 anos é estuprada por padrasto
ABSURDO  - Deficiente mental de 8 anos é estuprada por padrasto

Fonte: RONDONIAOVIVO

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE