Defesa Civil monitora área onde barranco cedeu com 12 carretas e uma camionete

Defesa Civil monitora área onde barranco cedeu com 12 carretas e uma camionete

A Defesa Civil do Município e o Corpo de Bombeiros seguem durante todo o domingo monitorando a área de quase 100 metros que cedeu na Rua Belizário Pena, no Bairro Triângulo, margens do Rio Madeira, que desabou no sábado com 12 carretas e uma camionete. Não houve registro de feridos e o Porto do Ruck, como é conhecido foi isolado. Parte do prédio cedeu junto com os veículos.

Segundo o secretário municipal da Defesa Civil, Vicente Bessa Junior, o monitoramento é necessário para amenizar os danos ambientais. Quatro famílias que moravam na área atingida permanecem no local, embora o secretário garanta que foram retiradas. As famílias alegam que não tem para onde irem.

Comentários