Artista de Ariquemes produz bustos de personalidades de Rondônia

Artista de Ariquemes produz bustos de personalidades de Rondônia

Um artista plástico de Ariquemes (RO), na região do Vale do Jamari, tem se dedicado a fazer bustos de pessoas conhecidas no cenário estadual. Empresários, pecuaristas e políticos são homenageados, mas a principal obra do escultor é o busto do desbravador Marechal Rondon, um ícone na história de Rondônia, que inclusive deu origem ao nome do estado.

O pesquisador Cássio Murilo Ribeiro diz que sempre gostou das artes e há algum tempo aprendeu a confeccionar estátuas de resina epóxi com moldes de gesso. Suas primeiras obras foram réplicas de peixes, já que Ariquemes, cidade onde mora há quatro anos, é conhecida pela produção do animal em cativeiro.

Cássio diz que viu em cidades de outros estados bustos de personalidades locais em praças, parques e avenidas, e acredita que essa cultura poderia ser mais intensa em Rondônia também.

 

Escultor estuda a história e os traços físicos antes de fazer as estátuas (Foto: Diêgo Holanda/G1)Escultor estuda a história e os traços físicos antes de fazer as estátuas (Foto: Diêgo Holanda/G1)

Escultor estuda a história e os traços físicos antes de fazer as estátuas (Foto: Diêgo Holanda/G1)

“Cada praça que você vai em Curitiba (PR) tem um busto de uma pessoa importante, porque é isso que vai contando a história do município, quem foi Rondon, quem foi Capitão Sílvio”, explica.

Há dois meses o artista se dedica a sua principal obra, um busto do Marechal Rondon. No molde da peça foram gastos mais de 80 quilos de gesso. A obra foi produzida para participar de um salão de artes plásticas organizado pela superintendência estadual de cultura.

 

Cássio Murilo revela que para produzir os bustos estuda a história da pessoa representada e as formas físicas de cada uma, a fim de que o resultado fique o mais próximo do real possível.

O próximo sonho do artista é fazer a escultura de um peixe de oito metros para ser colocada no trevo de entrada de Ariquemes. “A gente passa no trevo e não sabe nem que está em Ariquemes. E pelo que eu vejo, a piscicultura vai ser o ponto forte da cidade, então a gente precisa dar importância a essa cultura. As pessoas vão dizer: ‘passei numa cidade com um peixe bem grande na entrada’, vão querer tirar fotos”, argumenta.

 

O próximo sonho do artista é fazer a escultura de um peixe de oito metros (Foto: Diêgo Holanda/G1)O próximo sonho do artista é fazer a escultura de um peixe de oito metros (Foto: Diêgo Holanda/G1)

O próximo sonho do artista é fazer a escultura de um peixe de oito metros (Foto: Diêgo Holanda/G1)