7 curiosidades sobre os adoráveis gatos gigantes da raça Maine Coon

7 curiosidades sobre os adoráveis gatos gigantes da raça Maine Coon

Independentemente da preferência de cada pessoa, o fato de que os gatos são as mascotes oficiais da internet é algo difícil de negar. Não importa o que eles façam, a probabilidade de que se tornem virais na rede é extremamente alto. Embora isso certamente não esteja relacionado ao tamanho dos bichinhos, uma raça de felinos domésticos bem maiores que o normal vem ganhando os corações de cada vez mais pessoas ao redor do mundo.

Conhecidos pelo nome de Maine Coons, essa variante de gatos grandes é famosa por seu comportamento leal, sossegado e brincalhão – o que rendeu a eles o apelido de “cães do mundo felino”. Diferentemente da maioria dos outros bichanos, a raça costuma preferir ficar perto do chão e frequentemente demonstra adorar banhos. A seguir, você pode conferir mais sete curiosidades a respeito desses adoráveis animais.

1 – Tamanho família

Os Maine Coons são reconhecidos mundialmente como a maior raça de gatos domésticos. Com grandes estruturas ósseas e musculares, os machos da espécie chegam a pesar mais de 8 kg e podem atingir até 1 metro de comprimento. Ainda assim, a raça costuma crescer devagar, levando entre 3 e 5 anos para chegar ao seu tamanho máximo. Eles também contam com uma ampla gama de variantes estéticas, aparecendo em até 75 combinações distintas de cores.

2 – Ascendência misteriosa

Embora a raça tenha surgido naturalmente nos Estados Unidos, a origem dos seus ancestrais é bastante nebulosa. Uma das teorias indica que esses grandes felinos surgiram do cruzamento entre espécies de gatos selvagens e guaxinins, mas isso é apenas um mito. Outra história recorrente sugere que o primeiro antepassado dos Maine Coons foi enviado aos EUA pela rainha Maria Antonieta, que planejava fugir para as Américas durante a Revolução Francesa.

A hipótese mais plausível, no entanto, diz que esses gigantes ronronantes foram originados da mistura entre os gatos domésticos de pelo curto e os de pelo comprido que foram levados ao Novo Mundo pelos marinheiros da Nova Inglaterra ou pelos Vikings – que mantinham gatos em seus navios para controlar a presença de ratos.

3 – Gatos do mar

Encaixando-se com a teoria de que a raça de bichanos descende daqueles que acompanhavam marinheiros em embarcações, uma provável origem para o nome da espécie também está relacionada ao mar. Segundo essa hipótese, os antepassados desses grandes felinos pertenciam ao capitão britânico Charles Coons, que navegou nas águas da Nova Inglaterra no começo do século XIX. Esses ancestrais eram conhecidos como os “gatos de Coon”.

4 – Seleção natural

Como citamos mais acima, a principal teoria da origem dos Maine Coons é a de que eles sejam fruto de cruzamentos de felinos domésticos locais com os bichanos trazidos por imigrantes europeus. Ainda assim, isso não explica porque eles são tão grandes e peludos.

A resposta para essa questão estaria na pura e simples seleção natural. Para sobreviver aos intensos invernos da região da Nova Inglaterra, nos EUA, esses felinos acabaram desenvolvendo excelentes instintos de caça e corpos cada vez maiores. Durante sua adaptação, eles também adquiriram patas largas – que facilitam a locomoção na neve – e múltiplas camadas de pelos longos e desgrenhados. Suas orelhas e rabos felpudos também servem para manter o calor.

5 – Cães do mundo dos gatos

Além de seu tamanho avantajado, os Maine Coons são conhecidos por seu comportamento sociável e por gostarem de interagir com outros bichos de estimação e seres humanos, especialmente crianças. Nesse sentido, eles são tão caninos que gostam até de brincar de pegar objetos arremessados e de passear presos a uma coleira.

6 – Grandes também no preço

Se você está ponderando comprar um Maine Coon para chamar de seu, então talvez seja melhor pensar duas vezes. O preço médio de um filhote da raça costuma girar em torno de US$ 1 mil – o que na cotação atual é convertido para nada agradáveis R$ 4.152. É possível encontrar alguns dos gatos gigantes em instituições de resgate, mas ainda assim eles costumam custar pelo menos US$ 115 (R$ 477).

7 – Estrelas inatas

Além de sua grande docilidade e tamanho, os Maine Coons são famosos por seu charme e talentos naturais. Tanto é, que um dos gatos da raça foi o vencedor do primeiro “American cat show” – uma espécie de concurso de beleza para bichanos –, realizado em 1895 em Nova York. Por fim, esses grandes felinos por vezes demonstram talentos musicais, como você pode ver no vídeo a seguir.